Biofilia, a arte de conectar arquitetura à natureza

                                                                                                                                               Projeto: Gam Arquitetos

Você já se perguntou por que é tão importante conectar-se à natureza através da arquitetura?

Neste post iremos abordar as razões pela existe a biofilia e como fazer uma conexão com o natural através de elementos arquitetônicos.  A biofilia é uma palavra grega que significa “amor pela vida” onde o fundamento está na crença que os seres humanos têm uma ligação emocional genética com a natureza. A Biofilia é a necessidade que sentimos de estar em contato, interagir e nos relacionarmos com a natureza.

A utilização desse termo na arquitetura se dá nas seguintes formas:

  • As plantas são purificadores naturais do ar, e tê-las dentro dos ambientes melhoram a qualidade do ar interno.
  • A iluminação natural promove mais saúde por dois motivos: A vitamina D presente no Sol e a produção de melatonina, conhecida também como o hormônio do sono. Esse hormônio nos faz relaxar e quando não vemos a luz natural, o nosso cérebro não recebe a informação que está anoitecendo, logo ele não produz a melatonina.
  • A ventilação natural nos conecta ao clima, além de é claro, manter o ar fresco dentro do ambiente.
  • A visão para o exterior restaura a sensação de conforto e segurança. Fora que apreciar toda a beleza externa nos leva a “outra dimensão” e nos faz relaxar, não é mesmo?
  • O uso de materiais naturais reproduz a variação sensorial que temos ao estar em contato com a natureza, isso devido à variedade de texturas e padrões. Por isso é tão comum o uso de bambu e madeira.

Tudo isso descrito anteriormente nos permite ter a percepção do local pelo qual estamos inseridos nos puxando para o momento atual que está inserido.

E é por tudo isso que a conexão com a natureza é essencial dentro da arquitetura.

Gostou das nossas dicas? Acompanhe nosso blog e siga as nossas redes sociais para inspirações e produtos exclusivos. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *